terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

RESENHA: A droga da obediência (Os Karas - Livro 01)

Uma turma de adolescentes enfrenta o mais diabólico dos crimes!

Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes - os Karas - enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo.
Esse é um trabalho para os Karas: o avesso dos coroas, o contrário dos caretas!

O Ministério da Saúde adverte: essa resenha tem doses grandes de nostalgia! 

Movida por uma sessão de autógrafos ano passado, resolvi voltar a ler Pedro Bandeira. Primeiro porque sempre gostei dos livros dele, segundo porque tenho quase certeza que não terminei a série Os Karas. Só tenho lembranças sobre os três primeiros, mas como reler livro bom é uma grande recompensa, comecei a série novamente.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

RESULTADO: Nimona


Oi, pessoal!

Vamos conhecer o sortudo ou sortuda quem ganhou um exemplar de "Nimona"?

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

RESENHA: Um beijo inesquecível (Os Bridgertons #7)

Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. 
Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.
Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.
Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples e de tão complicado quanto um beijo. 

sábado, 11 de fevereiro de 2017

RESENHA: O conde enfeitiçado (Os Bridgertons #6)

Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.

Este livro se passa mais ou menos no mesmo período que "Os segredos de Colin Bridgerton" e "Para Sir Phillip, com amor". Já sabemos de antemão que a Francesca ficou viúva e que não voltou pra a casa da família, por exemplo. E é um ponto positivo adicional a um livro que já me deixou animada desde o começo por ter um protagonista masculino que se apaixona primeiro, e por ele e seu interesse amoroso serem tão amigos e se darem tão bem. E, como gosto de drama, o fator John fez muito bem seu papel.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

SORTEIO: O dia da morte de Denton Little + resultado Janeiro


Olá, pessoal!

Sorteio de Fevereiro no ar! E o livro será "O dia da morte de Denton Little", de Lance Rubin. Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

RESENHA: Fãs do impossível

Fãs do impossível conta a história de três amigos, Mira, Sebby e Jeremy, em meio aos complexos conflitos da adolescência. Mesmo sentindo-se despedaçados, sem motivos para serem amados e tentando não sucumbir à solidão, os três lutam pela vida, cada um à sua maneira.
Mira está começando em uma escola nova, depois de passar um tempo no hospital. Ela se sente insegura no novo ambiente e acha que não vai conseguir ficar longe de seu melhor amigo, Sebby, um garoto brincalhão que leva a vida com boas doses de mentira e bom humor, até que seu lado mais destrutivo vem à tona. 
Jeremy está retornando à antiga escola, depois de um tempo afastado por causa de um incidente traumático que arruinou seu ano letivo. Tímido e quieto, ele deseja se aproximar de Mira e Sebby.  Juntos, contra todas as expectativas, eles vão viver o impossível

A sinopse me chamou a atenção e a capa também fez bem este papel, já que reflete uma imagem corriqueira na história. O livro não tem como premissa dar lição de moral, ou indicar meios de se combater os demônios internos dos protagonistas: ele relata as dores dos personagens frente o dia a dia e suas injustiças. Mostra como às vezes só é necessário alguém que nos escute, que demonstre genuíno interesse, que esteja ali por nós. 

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Lemos na Fábrica: Dezembro 2016

Dezembro não rendeu quase nada em termos de leitura. Se os mangás eu até consegui uma boa quantidade, os livros foram bem poucos. Vamos lá conferir como foi meu último mês de 2016 de leitura?


A filha perdida, Elena Ferrante: O meu primeiro contato com a escrita da Elena Ferrante nçao poderia ser melhor. Aborda temas que sempre são fantasiados demais e gostei dessa abordagem mais honesta. Falei mais sobre a leitura aqui.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

SORTEIO: Nimona


Oi, pessoal!

Em parceria com a Editora Intrínseca, vamos sortear um exemplar da maravilhosa graphic novel "Nimona" da Noelle Stevenson.  Para participar é só seguir as regras abaixo:

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

RESENHA: O dia da morte de Denton Little

O que você faria se só lhe restasse um dia?
Denton Little sabe que dia vai morrer. É uma triste prerrogativa oferecida pelo governo: sempre que uma criança nasce, uma série de cálculos e exames é aplicada para definir o dia exato em que ela vai morrer. O dia de Denton é amanhã.
O jovem de dezessete anos tinha um plano bem definido para seus últimos momentos: um café da manhã com muito bacon, uma corridinha para espairecer, uma maratona de filmes com o melhor amigo e finalmente perder a virgindade com a namorada. Só que nada sai como o esperado. Na véspera de sua morte, Denton acorda numa cama que não é a sua e com uma garota que não é a sua namorada. E esse foi só o começo dos acontecimentos bizarros e surpreendentes. Até seu último adeus, ele ainda terá que enfrentar crises de ciúme, triângulos amorosos, ressacas monumentais, manchas estranhas se espalhando pelo corpo e revelações surpreendentes sobre sua mãe, já morta. 
Divertido, sarcástico e sensível, O dia da morte de Denton Little é uma história sobre amor, morte, amizade, escolhas e, principalmente, sobre encontrar respostas para perguntas que nem imaginávamos que nos faríamos um dia. 

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

MANGÁ - Primeiro volume: Saintia Shô


Sinopse oficial: Às vésperas do início da Guerra Galáctica, a batalha entre os Cavaleiros de Bronze pela Sagrada Armadura de Ouro de Sagitário idealizada por Mitsumasa Kido, as cortinas de uma nova guerra se abrem!

Em segredo, Éris, a Deusa da Discórdia, prepara-se para atacar o Santuário enquanto os olhos do mundo se voltam para o torneio que fará o universo tremer. Apenas um grupo de guerreiras dotadas de grande poder e idêntica coragem poderá impedir que as Forças do Mal se apoderem da Terra.